Home    Contato    Meus dados    Pedidos        
 
AVES ORNAMENTAIS
Untitled Document
Empresa       Aves       Manual das Aves        Dicas e Informativos        Legislação       Contato
  AVES
Aves Aquáticas
Aves Aquáticas Domésticas
Chocadeira Automática de Ovos
Faisão
Galinhas
Galinhas Bantan
Mutum e outros
Outras Aves
Pássaros
Pavões
Perdiz | Codorna
Periquitos
Peru
Pomba
Tucano e Araçari
 
Untitled Document
Fazenda Visconde - Catalogo Aves
 

  MAIS INFORMATIVOS
 

DICAS & INFORMATIVOS
AGAPÓRNIS - Agapornis roseicolis

Agapórnis é uma palavra grega que significa pássaro do amor. O mesmo que love bird, nome pelo qual o pássaro é conhecido nos países de língua inglesa. Da mesma ordem dos psitacídeos (a mesma dos papagaios e periquitos), é originário da África e teria sido descoberto no final do século XVIII. Mas só foi levado para a europa bem mais tarde.

No caso do Brasil, os primeiros exemplares vieram da Europa e do Estados Unidos entre a década de 60 e 70. Adaptaram-se tão bem, que hoje o Brasil é grande celeiro de criadores (cerca de 300), possuindo um dos maiores plantéis do mundo: 60 mil aves.

Comparando-se com outras aves, o agapórnis se assemelha a um papagaio pequeno, com comprimento de 13 a 15 centímetros. Existem oito espécies espalhadas pelo continente africano, da região ocidental à setentrional, e ainda outra, originária da ilha de Madagascar.

O agapórnis selvagem, mais popular, tem a cor verde e é conhecido por roseface, ou papagaio miniatura. Mas a criação em cativeiro desenvolveu uma gama de cores tão vasta, que o maior desafio dos criadores é fabricar novas mutações. Só a espécie roseicollis, a mais disseminada no Brasil, possui 13 mutações.

Em cada uma delas há alterações da cor da cara ou do corpo e a combinação entre elas resulta num espetáculo de rara beleza. Para iniciar uma criação basta um casal, gaiola e material para fazer o ninho. Fornecendo a matéria-prima, que pode ser palha de milho, o casal faz seu ninho. E se o ninho não for retirado, haverá cria o ano todo. É um pássaro muito resistente, fácil de criar, que vive de 15 a 20 anos e é fértil do primeiro ao décimo ano. Além disso, é muito dócil, muito prolífero e não requer cuidados especiais.

Nas regiões frias, a gaiola deve ser colocada em local abrigado, para proteger os pássaros durante a noite. É importante que a gaiola ganhe um local definitivo e nunca seja movimentada em época de criação. A fêmea bota de 5 a 7 ovos por postura. A eclosão é cerca de 70%, e 50% vingam de fato. Sem segredos, a alimentação é feita com mistura de sementes na seguinte proporção: 30% de alpiste, 30% de girassol, 20% de painço, 10% de aveia sem casca e 10% de niger.

Quando os filhotes são pequenos, é importante dar aos adultos um pedaço de espiga de milho todos os dias, pois ela faz parte da papa com que eles alimentam os filhos. Conhecido em francês como insèparable ou inseparavel, o agapornis tem fama de ser um pássaro gregário, que mesmo em pleno vôo, esta sempre em bandos.

Segundo a lenda, eles são tão inseparáveis que no caso da morte da fêmea, o macho não se acasala mais. Pura lenda, de fato. Em cativeiro, dizem os entendidos, ele se adapta a tudo o que o criador quiser.

 
Dúvida, Sugestão ou Comentário
Imprimir Enviar para um amigo
Envie-nos: 
Nome: 
Email: 
Texto: 
Verificação de Imagem
Por favor digite as quatro letras ou dígitos que aparecem na imagem.
 - Fazenda Visconde
Comentários sobre o texto por data de cadastro
Untitled Document
 
 
MENU
Home
Empresa
Aves
Dicas & Informativos
Legislação
Contato
Manual das Aves
AVES
Aves Aquáticas
Aves Aquáticas Domésticas
Chocadeira Automática de Ovos
Faisão
Galinhas
Galinhas Bantan
Mutum e outros
Outras Aves
Pássaros
Pavões
AJUDA
Formas de Entrega
Formas de Pagamento
Política de Privacidade
 
 
 
 
 
 
 
by vianett