Marreco Mallard

Mallard Anas platyrhynchos

É o maior pato de superfície e o mais freqüente. Distribui-se pelo Norte da Europa até Sul da Ásia, Mar Mediterrâneo, Pérsia, Tibet, Norte da China, Coréia, Norte do Japão e ilhas dos Açores; Norte e Centro da América do Norte.

Habitat

 Principalmente águas paradas, estuários, lagos com rica vegetação litoral, águas de parques. Durante a época de reprodução também águas fluviais rápidas. Povoam todo o tipo de Habitat evitando apenas as altas tundras Árticas e terrenos desertos.

Na subespécie da Gronelândia Anas p. conboschas a tolerância à água salgada é refletida nas suas largas glândulas de sal e são bastante dependentes em plantas marinhas e outras algas expostas à maré baixa no Inverno assim como moluscos e crustáceos. Esta subespécie é  diferente das outras sendo 10% maiores e possuem bicos mais pequenos (ambos os fatores são relativos à retenção de calor) e também apenas criam no 2º ano, sendo as suas ninhadas mais pequenas de 7-10 ovos e não de 9 –13 ovos.

Pato real da Gronelândia Anas p. conboschas é maior que Anas p. platyrhynchos e  mais claro na cor.

Em Outubro os machos ficam com a plumagem nupcial e começam as paradas em vista às formações de casais. Ambos sexos têm espelhos azuis. As fêmeas nidificam no solo perto dos rios ou debaixo de troncos ou em buracos e velhos ninhos em árvores de aves grandes como Corvídeos situados até 11m de altura do solo sendo o macho quem escolhe o ninho. Começa a incubar quando o último ovo é posto. O macho separa-se da fêmea pouco depois desta começar a incubar e une-se a outros machos que também tenham as suas companheiras a incubar. Em Junho mudam para a plumagem de eclipse. A mãe trata das crias até estas terem 8 semanas e conseguirem voar. As fêmeas fazem uma muda parcial em Julho pouco depois de ter criado os seus filhos. Hibridizam muito facilmente. Até na Natureza estão documentados pelo menos 45 hibridizações. É talvez o pato mais fácil de reproduzir em cativeiro.

Alimentação
Desde fim de Outono a princípios da Primavera vegetais (sementes de plantas aquáticas, cereais em grãos e verdes, bolotas, parte verde das plantas, bolbos e rizomas de vegetação ribeira, algas e plantas flutuantes) durante a época de reprodução e começo de Verão moluscos, crustáceos, insetos, peixinhos, vermes (larvas ), etc.

Medidas
90 cm envergadura
Comprimento: Macho 57 cm Fêmea 49 cm
Peso - Machos 1300 gr.(máx 1750 gr.) Fêmeas 1150 gr.

Época de cria
Março ou Junho. Põe entre 8 e 12 ovos esverdeados. Pode fazer 2 ninhadas por época. A incubação dura 28 dias. As crias voam com 50-60 dias. Anilhar aos 15 dias com anilha de 12 mm. Maturação sexual no 1º ano

Tal como umas espécies de Lobos são os antepassados de várias raças de cães e algumas espécies de Javalis são os antepassados de várias raças de suínos, também a espécie Pato Real deu origem a várias raças domésticas. Esta espécie era bem conhecida para os humanos pré-históricos, mas continua um mistério a data de quando se realizou a primeira domesticação. Ossos foram encontrados em meados da Idade Média e desenhos egípcios que datam de 3 000 A . C. mostram patos selvagens a serem apanhados em redes. Os antigos egípcios certamente mantiveram patos domesticados vários séculos antes de Cristo e os Chineses já criavam patos anteriormente. Alguns historiadores sugerem mesmo que o mallard foi a primeira ave a ser domesticada mesmo antes da galinha. Uma das raças que esta espécie deu origem é o coou e o rouan . É uma raça ornamental originalmente desenvolvida para servir de chamariz a outras espécies selvagens por caçadores. Tanto o local como a data da sua origem são desconhecidos.

____________________________________________________________________
Fazenda Visconde Ltda.
Av. Caramuru, 341 - República - CEP 14.025-080
Ribeirão Preto - SP - FONE: (16) 3625-4319


www.fazendavisconde.com.br
2018/7/18 | 18:55:33

IMPRIMIR