Perdiz da Califórnia (codorna)
Callipepla californica PERDIZ DA CALIFÓRNIA DISTRIBUIÇÃO Oeste dos Estados Unidos da América DIMENSÃO Aproximadamente 24 a 25 centímetros DISTINÇÃO ENTRE OS SEXOS Os machos desta atraente espécie de perdiz possuem marcas pretas e brancas no pescoço, que as fêmeas não possuem. Além disso, a crista do macho é preta e comprida, ao passo que a da fêmea é curta e castanha. CARACTERÍSTICAS SOCIAIS Estas aves quase não causam problemas às outra aves que vivam no viveiro, embora se criem melhor juntamente com outras espécies de maior porte. É recomendável manter um macho entre várias fêmeas. Todo o tipo de agressões é habitualmente causado por um excesso de perdiz que são mantidas num espaço pequeno. ALOJAMENTO ADEQUADO As perdizes da Califórnia devem ser, preferencialmente, criadas num viveiro amplo e cheio de plantas. As aves são muito sensíveis à umidade e seguramente apreciam que o seu alojamento seja (parcialmente) coberto.. TEMPERATURA AMBIENTE Em princípio, esta espécie pode ser criada num viveiro ao ar livre ao longo de todo o ano, desde que as aves possam recolher a um abrigo noturno que as proteja da geada, livre de corrente de ar e isento de umidade. ALIMENTAÇÃO Uma mistura de semente de viveiro, com um suplemento de verdura, insetos vivos e alimento para aves para fins genéricos, mantém estas aves em boa condição física. O ideal é ração para perdiz, mas (ainda)não está disponível em toda a parte. No viveiro, deve sempre haver areia, para que as aves possam comer o máximo possível. ATIVIDADES As perdizda Califórnia vivem em parte no chão, que esgaravatam à procura de alimentos. No entanto, são capazes de voar e podem encontrar-se habitualmente em lugares altos. À noite, procuram um poiso alto e abrigado para poderem passar a noite, o que, por vezes, perturba as outras aves do viveiro. Gostam de tomar banhos de areia. Um prato pesado funciona perfeitamente como <>. Certifique-se de que a areia está limpa e retire-a após o banho, para não ficar suja com excrementos. CRIAÇÃO Esta espécie de perdiz é extremamente produtiva quanto ao número de avos que põe – é perfeitamente normal por mais de 20 ovos; porém, tal como outras espécies de perdizes, estas aves não primam pelas suas qualidades de acompanharem o crescimento das crias. Tal fato não é necessariamente um problema, uma vez que crias são precoces e são capazes de caminhar e debicar alimentos logo após o nascimento. Se a fêmea abandona os ovos, pode incubá-los numa incubadora. Os ovos com a cor azul pálida e manchas acastanhadas estalam ao fim de 18 a 23 dias, aproximadamente. As crias devem ser mantidas sob o calor de uma lâmpada, com alimento especial para codornajovens, uma mistura geral de alimento para aves e alguns insetos esmagados. A água deve ser dada, de preferencia, em pratos rasos, para garantir que as crias não morrem afogadas, devendo ser substituídos varias vezes por dia. A temperatura pode ser descida gradualmente, para que as crias se habituem à temperatura ambiente ao fim de quatro a cinco semanas, após as quais podem ser alojadas ao ar livre. No entanto, nem sempre é necessário criar codornadesta forma. Se um par cuidar da cria pelos próprios meios, verificará que a fêmea se encarregará dessa tarefa. As crias, quando nascem, são criadas por ambos os pais.
____________________________________________________________________
Fazenda Visconde Ltda.
Av. Caramuru, 341 - República - CEP 14.025-080
Ribeirão Preto - SP - FONE: (16) 3625-4319


www.fazendavisconde.com.br
2018/2/25 | 18:16:00

IMPRIMIR