LORIS BORNEO - Eos borneo
DISTRIBUIÇÃO
Diversas ilhas indonésias.

DIMENSÕES
Entre 20 e 30 centímetros, aproximadamente.

DISTINÇÃO ENTRE OS SEXOS
Não é possível estabelecer as diferenças entre os machos e as fêmeas pelo aspecto exterior. O sexo das aves só pode ser determinado de uma forma definitiva pôr meio de um exame endoscópico efetuado pôr um veterinário especializado, ou por exame de DNA.

CARACTERÍSTICA SOCIAIS
Estas aves são criadas, de preferência, em casais e não na companhia de outras aves.

ALOJAMENTO ADEQUADO
Estes loris borneo são criados de preferência, num viveiro espaçoso ao ar livre dotado de um abrigo noturno que proteja de correntes de ar e de geada.
Estas aves também se adaptam bem num viveiro em recinto fechado, mas em virtude de quantidade de excrementos moles que produzem, não é conveniente, que sejam criados numa sala de estar como animais de estimação. Devem dispor de uma árvore para trepar e de um ninho para pernoitar. Quaisquer plantas existentes no viveiro serão destruídas.

TEMPERATURA AMBIENTE
Se as aves tiverem acesso a um abrigo noturno que as proteja da geada, não será necessário tomar medidas extraordinárias, durante o inverno.

ALIMENTAÇÃO
Esta espécie de loris borneo aprecia néctar e pólen. Pode também adquirir alimento especial para loris borneo numa loja de animais de estimação. Também se alimentam de frutos tenros, tais como nectarinas e pêssegos, bem como maçãs, pasta de insetos e, de vez em quando, insetos vivos. Algumas aves também apreciam sementes, tais como milho painço, aveia sem casca e sementes do Níger.

ATIVIDADES
Estas aves têm um comportamento amistoso e de empatia com seres humanos. Rapidamente se tornam dóceis e vem comer na mão do tratador. Também apreciam bons banhos. Uma das qualidades atraentes destas aves é o seu comportamento interessante. Acontece sempre algo no viveiro e as aves estão sempre em ação.

Gostam de trepar e de fazer acrobacias. Uma desvantagem é o fato de serem muito ruidosas, uma característica que pode causar problemas com a vizinhança. Os loris borneo também gostam de debicar objetos e, pôr conseguinte, deve dar-lhes regularmente galhos de árvore de fruto.

CRIAÇÃO
Estas aves preferem pôr os seus ovos num tronco de árvore oco. Este deve ter 25 centímetros quadrados na base interior e, pelo menos, 50 centímetros de altura. O orifício da entrada deve ter, aproximadamente, 7 centímetros de diâmetro.

Disponha uma camada de musgo de na base do tronco de árvore, para que a fêmea possa pôr aí os seus ovos. A postura é de dois ou três ovos, que a fêmea choca durante 24 dias, aproximadamente.

As crias permanecem no ninho durante 60 a 70 dias, após os quais são alimentadas e tratadas durante mais algum tempo pelos pais, com uma freqüência gradualmente. Quando as crias se tornam independentes, é conveniente transferi-las, uma vez que são freqüentemente rejeitadas pelos pais.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
À semelhança dos outros loris, o loris borneo tem uma características que ajuda a consumir os seus néctares e pólen, designadamente uma extremidade em forma de escova na sua língua muito comprida e ágil.
____________________________________________________________________
Fazenda Visconde Ltda.
Av. Caramuru, 341 - República - CEP 14.025-080
Ribeirão Preto - SP - FONE: (16) 3625-4319


www.fazendavisconde.com.br
2018/8/19 | 16:11:12

IMPRIMIR