POMBA APUNHALADA - Gallicolumba luzonica
Gallicolumba luzonica POMBA APUNHALADA
DISTRIBUIÇÃO Filipinas, em particular em ilhas Luzon e Polillo.
DIMENSÕES Aproximadamente 25 centímetros.
DISTINÇÃO ENTRE OS SEXOS A mancha vermelha é, por vezes, maior no peito dos machos. De um modo geral, os machos são maiores e mais robustos do que as fêmeas.

CARECTERÍSTICAS SOCIAIS São muito pacíficas em relação a outras aves de aviário, mas estão longe de ser amistosas em relação a membros da sua própria espécie e a outras pombas ou pombos. Preferencialmente, deve adquirir um casal, para evitar problemas.

ALOJAMENTO ADEQUADO As pombas apunhaladas dão-se melhor em grandes viveiros cheios de plantas, sendo as mais apropriadas os pequenos arbustos e outras plantas que lhes proporcionem abrigo.

ALIMENTAÇÃO As pombas apunhaladas devem desfrutar de uma alimentação variada de sementes, tais como mistura de sementes para pombas, ração para fins genéricos, insetos (entre outros, bicho da farinha e pequenos insetos), bem como fruta e alimento à base de ovos.
Também gostam de comer frutas. Quase exclusivamente, alimentam-se do que apanham no chão. É uma excelente idéia dar às aves restos que tenham sido deixados no jardim há algum tempo. Estes restos contêm toda a espécie de pequenos insetos e vermes que as aves tanto apreciam.
Certifique-se de que existe sempre um amplo abastecimento de areia, de forma a que as aves possam satisfazer as suas necessidade digestivas.

ATIVIDADE Esta espécie atraente de pombos é um membro da família básica das pombas. Conseguem voar, mas muito pouco a apenas por pequenas distâncias.
Vivem sobretudo no chão, onde recolhem os alimentos. À noite, geralmente, procuram um poleiro um pouco mais elevado. As pombas apunhaladas são aves muito calmas.

CRIAÇÃO As pombas apunhaladas nem sempre nidificam no chão, o que pareceria o mais lógico para esta espécie de pombas, fazendo-o por vezes a uma altura de um metro ou mais.
Pode afixar uma caixa de criação em madeira num arbusto abrigado, que elas podem cobrir com materiais, palha e galhos. Normalmente, é o macho que vai apanhar o material para que a fêmea proceda à construção do ninho.
Em média, estas aves põem dois ovos de cor creme. Em regra, os ovos são chocados pelo macho, durante o dia, e pela fêmea, durante a noite. As crias crescem ao fim de 14 a 16 dias, aproximadamente.
A plumagem surge ao fim de duas semanas, mas também pode ter lugar alguns dias mais tarde ou mais cedo, após o que as aves estão aptas para cuidar de si próprias. É recomendável separar as crias dos pais, logo que aquelas sejam capaz de se alimentar de uma forma independente.
Durante a época de gestação, as pombas apunhaladas tem também uma necessidade acrescida de insetos vivos e de alimentos à base de ovos. As pombas apunhaladas nem sempre se revelam brilhantes criadores. Se forem perturbadas enquanto se ocupam na criação, podem mesmo abandonar a ninhada ou as crias. Como tal, para a criação ser bem sucedida, é muito importante que tenham um ambiente de paz e tranqüilidade.
____________________________________________________________________
Fazenda Visconde Ltda.
Av. Caramuru, 341 - República - CEP 14.025-080
Ribeirão Preto - SP - FONE: (16) 3625-4319


www.fazendavisconde.com.br
2018/12/19 | 09:17:30

IMPRIMIR